Como escolher uma empresa de webdesign?   Leave a comment

Escolher uma empresa para fazer seu site parece às vezes um tiro no escuro. Todos conhecem alguma história de alguém que se frustrou ao fazer um site, e os motivos são os mais variados. De modo geral, valem algumas dicas na hora de contratar uma empresa ou um profissional para fazer o site de sua empresa:

  1. Visite sites de clientes da empresa que você pretende contratar: item básico, você não pode contratar um empresa sem saber o que ela já fez. Empresas mais novas tem portfolio menor, mas nem por isso tem menor qualidade. Mas não se impressione com gráficos e animações. Dê atenção, ao analisar o portfolio do webdesigner, aos sites semelhantes ao que você pretende fazer.
  2. Seja realista e objetivo quanto ao que você precisa e quanto você pode pagar: muitos problemas podem ser evitados quando você explica bem o que você quer, e define antecipadamente toda a parte financeira (valores, prazos), e quem vai fazer o quê – nem sempre o webdesigner se responsabiliza pela produção de fotos e conteúdo textual, se isso não está claro na negociação, problemas surgirão.
  3. Exija acesso a todas as senhas e contas de domínio, hospedagem, painel de controle do site (se houver), login e senha do ftp, e todas as informações necessárias para que você possa ter independência e liberdade na hora de contratar um profissional para atualizar ou modificar seu site. O site é seu, e você tem direito de escolha.
  4. Pergunte tudo que vier à sua cabeça, e não se contente com explicações do tipo “rebimboca da parafuseta”. Peça explicações em linguagem para leigos de tudo que tem a ver com seu site.
  5. Visibilidade no Google: muita gente promete, muitos vendem resultados, mas o que funciona é código válido (segundo os webstandards do W3C), muito conteúdo, bem construído e estruturado. Evite Flash e sites em tabelas, e lembre-se: os resultados de busca do Google não podem ser comprados – são função exclusivamente do conteúdo e estrutura do site – faça a lição de casa, e seu site aparece. Desconfie de promessas do tipo “coloco seu site na primeira página do Google por XX reais”.

A dica final: conversa aberta e transparência dos dois lados. Fale, sem vergonha nenhuma, de preços e prazos. Faça mais de um orçamento, se puder. É comum trabalhar com base em contratos, especialmente se o projeto for mais demorado. Mas no caso de um site simples, com 5 ou 6 páginas e catálogo de produtos, você pode ter seu site no ar em menos de 2 semanas por um valor de 3 dígitos, com qualidade.

Ainda tem dúvidas? Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: